| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

JORNAL PÁGINA 1
Desde: 28/08/2003      Publicadas: 55      Atualização: 20/03/2006

Capa |  CIDADE  |  COMUNICAÇÃO  |  CRÍTICA DA CRÍTICA  |  CULTURAL  |  ECONOMIA  |  EDUCAÇÃO  |  ENTREVISTAS  |  ERMELINO MATARAZZO  |  ESPORTES  |  GUAIANASES  |  HISTÓRIA  |  INFORMÁTICA  |  ITAIM PAULISTA  |  ITAQUERA  |  PÁGINA 1  |  POLÍTICA  |  SÃO MIGUEL  |  ÚLTIMAS


 ÚLTIMAS

  20/04/2004
  0 comentário(s)


Campanha Mundial 2004-2005 de prevenção da Aids

Realização do evento foi acertada durante reunião entre a prefeita Marta Suplicy e a representante do Unaids no Brasil, Telva Barros

A prefeita Marta Suplicy recebeu a representante do Programa das Nações Unidas para a Prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis /Aids
(Unaids) no Brasil, Telva Barros, e juntas anunciaram, na tarde desta quinta-feira (15), que o próximo lançamento da Campanha Mundial 2004-2005, cujo tema será a prevenção entre mulheres, será feito em São Paulo.
"Temos uma parceria de longa data com a Prefeitura de São Paulo que está se consolidando. Por isso, o lançamento da próxima campanha do Unaids para o próximo biênio será feito aqui. Vamos agendar com as secretarias da Educação e da Saúde para que o lançamento ocorra num dos CEUs (Centro Educacional Unificado), conforme sugerido pela prefeita".
Marta Suplicy participou de um evento em Londres, no dia 2 de fevereiro desse ano, com outras lideranças mundiais. "Estiveram presentes mulheres
de expressão na luta contra a epidemia, e Marta Suplicy foi escolhida como a representante brasileira no Comitê Gestor do Grupo de Coalizão Global
> para Mulheres e Aids do Unaids", disse Telva Barros. "Uma parceria
> estratégica, como é essa com a Prefeitura de São Paulo, dá muita
> visibilidade ao programa das Nações Unidas no Brasil e pode servir de
> exemplo para outras capitais e outros países", afirmou Telva.
> A prefeita de São Paulo sugeriu, ainda, que, durante o lançamento da
> campanha, seja feita a apresentação de uma peça de teatro pelos jovens dos
> CEUs. Ainda falta acertar os detalhes quanto à data do evento, mas deverá
> acontecer no primeiro semestre.
>
> Números da Aids em São Paulo
> Entre 2001 e 2002, o surgimento de casos novos apresentou queda em ambos
> os sexos. Entre os homens, o número de novos casos diminuiu de 44 para 38
> novos casos por 100 mil habitantes. Entre as mulheres, esta queda foi
> menor: de 22 para 19 novos casos por 100 mil habitantes. Isto significa
> que, embora os homens ainda tenham apresentado em 2002 mais casos novos de
> Aids (1.911) do que as mulheres (1.042), no sexo feminino a epidemia vem
> diminuindo em velocidade menor. Enquanto no mundo as mulheres já
> representam 50% da epidemia, na cidade de São Paulo a razão de sexo é de
> 1.8 homem para cada mulher. Uma provável explicação para isto é o peso
> expressivo da categoria homossexual e UDI em nossa cidade.
> De acordo com o último Boletim Epidemiológico da Aids, da Secretaria
> Municial da Saúde, a cidade de São Paulo tem hoje 55.772 casos notificados
> de Aids, o que corresponde a aproximadamente 20% dos 277.154 casos do
> país. No município, entre 2001 e 2002, a incidência de Aids diminuiu de 32
> para 28 casos por 100 mil habitantes. Em 2002, foram registrados 2.953
> novos casos de Aids na cidade, contra 3.409 em 2001.
>
> Ações da Prefeitura
> A Prefeitura de São Paulo dá atenção às vítimas da epidemia ao mesmo tempo
> em que se empenha em uma ampla ação de prevenção junto aos quase 11
> milhões de habitantes do município. São elas:
> - distribuição de camisinhas: no primeiro ano de governo foram
> distribuídas 3 milhões. Em 2002, 4,5 milhões, e, em dezembro de 2003,
> atingiu 10 milhões;
> - redução de danos: foram distribuídas cerca de 100 mil seringas para
> usuários de drogas injetáveis dentro do Projeto de Redução de Danos da
> área de DST/Aids, evitando novas doenças, em especial hepatites e o HIV;
> - a testagem "Fique Sabendo": o conhecimento da condição sorológica é uma
> das medidas mais importantes para prevenção e tratamento. Por isso, nos
> três anos de governo, triplicou o número de testes de HIV realizados nas
> unidades municipais de DST/Aids: de 6 mil testes/mês em janeiro de 2001,
> para 18.751 testes/mês em novembro de 2003. No ano de 2003, foram
> implantados os serviços de testagem do HIV, em especial nas regiões mais
> distantes da cidade, áreas onde hoje a epidemia atinge com mais força a
> população.
> - treinamento de profissionais de saúde da rede pública municipal: para
> controle da transmissão do HIV e da sífilis da gestante para o bebê na
> cidade;
> - parcerias com o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo e
> com hospitais e maternidades da rede privada e conveniada do SUS: para
> expandir esta ação;
> - publicação da Portaria da SMS: oferecimento obrigatório da testagem de
> sífilis e HIV às gestantes, por todos os serviços de saúde municipais.
> - criação de Grupo de Trabalho Intersetorial: para planejamento e
> avaliação das ações desenvolvidas para o controle da Transmissão Vertical
> no município.
> - prevenção dialogada: implantação de ações de agentes de prevenção junto
> a populações mais vulneráveis às DST/Aids, desenvolvidas nas comunidades
> ou nestes grupos. Incluem a apresentação dos serviços municipais de saúde
> como referência para orientações, consultas, testes e retirada de insumos
> gratuitos. São profissionais do sexo e travestis (Projeto "Tudo de
> Bom!"), homens que fazem sexo com homens ("Cidadania Arco-Íris"), mulheres
> (Projeto "Elas por Elas"), usuários de drogas injetáveis - UDIs (Projeto
> de Redução de Danos - PRD Sampa); jovens (Plantão Jovem) etc.


  Mais notícias da seção SAÚDE no caderno ÚLTIMAS
06/04/2004 - SAÚDE - Saúde: Secretaria registra queda de 92% no número de casos de dengue no 1º trimestre
A Secretaria de Estado da Saúde está conseguindo conter o avanço da Dengue no Estado. É o que mostra o mais recente estudo do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), órgão da Secretaria. No primeiro trimestre de 2004 houve 999 casos no Estado, contra 12.560 no mesmo período de 2003, uma queda de 92%....
01/04/2004 - SAÚDE - São Miguel Paulista tem Dia Mundial da Saúde dia 7 e abril
A Subprefeitura de São Miguel Paulista realizará o Dia Mundial da Saúde (7 de abril), na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, a "Praça do Forró"....



Capa |  CIDADE  |  COMUNICAÇÃO  |  CRÍTICA DA CRÍTICA  |  CULTURAL  |  ECONOMIA  |  EDUCAÇÃO  |  ENTREVISTAS  |  ERMELINO MATARAZZO  |  ESPORTES  |  GUAIANASES  |  HISTÓRIA  |  INFORMÁTICA  |  ITAIM PAULISTA  |  ITAQUERA  |  PÁGINA 1  |  POLÍTICA  |  SÃO MIGUEL  |  ÚLTIMAS
Busca em

  
55 Notícias