| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

JORNAL PÁGINA 1
Desde: 28/08/2003      Publicadas: 55      Atualização: 20/03/2006

Capa |  CIDADE  |  COMUNICAÇÃO  |  CRÍTICA DA CRÍTICA  |  CULTURAL  |  ECONOMIA  |  EDUCAÇÃO  |  ENTREVISTAS  |  ERMELINO MATARAZZO  |  ESPORTES  |  GUAIANASES  |  HISTÓRIA  |  INFORMÁTICA  |  ITAIM PAULISTA  |  ITAQUERA  |  PÁGINA 1  |  POLÍTICA  |  SÃO MIGUEL  |  ÚLTIMAS


 EDUCAÇÃO

  04/04/2004
  0 comentário(s)


Fórum Mundial de Educação São Paulo reúne mais de 100 mil pessoas e encerra com uma grande Marcha

O número de participantes superou a expectativa dos organizadores, que era de 60 mil. Cerca de 100 mil pessoas de todas as idades e várias nacionalidades circularam pelo Anhembi, Unisantana e Associação Portuguesa de Desportos

O sucesso do Fórum Mundial de Educação São Paulo - FME-SP confirma a urgência de uma nova educação voltada à formação de cidadãos planetários atuantes numa sociedade sustentável. O número de participantes superou a expectativa dos organizadores, que era de 60 mil. Cerca de 100 mil pessoas de todas as idades e várias nacionalidades circularam pelo Anhembi, Unisantana e Associação Portuguesa de Desportos, onde uma programação selecionada acontece desde o dia 1º de abril e termina neste domingo, 4, com uma grande "Marcha pela Educação".



Com o tema central Educação Cidadã para uma Cidade Educadora, o FME-SP trabalha 10 eixos temáticos: educação cidadã como direito social e humano (1); educação cidadã como prática da liberdade (2); cidade educadora: identidade cultural e cidadania (3); cidade educadora e as desigualdades sociais (4); ambiente e educação para a sustentabilidade (5); a produção e o acesso ao conhecimento (6); a mídia na cidade educadora (7); políticas, financiamento e gestão educacional nas cidades educadoras (8); educação e as políticas públicas para a infância (9) e o papel social do ensino superior na perspectiva de uma educação cidadã (10).



Os temas foram discutidos em conferências e painéis de aprofundamento, por especialistas nacionais e internacionais. Também participaram dos debates trabalhadores em educação e representantes de movimentos sociais. Os relatos de cada eixo contribuirão para a elaboração da Plataforma Mundial de Educação, proposição feita em 2003, na segunda edição do Fórum Mundial de Educação, e consignada pela Carta de Porto Alegre. Uma das características desse processo é sua metodologia participativa que acolhe e incorpora as propostas relatadas nas atividades dos quatro dias, num amplo debate público que ocorrerá no último dia do fórum. Na manhã de domingo, das 9h às 13h, as contribuições dos eixos temáticos de 1 a 5 serão debatidas no auditório Paulo Freire, e dos eixos 6 a 10, no auditório Darcy Ribeiro.



Paralelo às conferências e painéis, dezenas de atividades auto-gestionadas foram realizadas por escolas das redes pública e privada, organizações não-governamentais, movimentos sociais, entidades culturais, educacionais e ambientais em geral. Também foi organizada uma vasta programação cultural que inclui o calendário oficial das festividades dos 450 anos da cidade de São Paulo. A principal delas foi a festa de abertura do Fórum de Educação São Paulo, que levou cerca de 15 mil pessoas às arquibancadas do Sambódromo. O público assistiu à assinatura do termo de adesão da cidade de São Paulo à Rede Mundial de Cidades Educadoras e à coreografia Construção da Cidade Educadora, interpretada por 2 mil crianças da rede municipal de ensino, com direção de Marika Gidali, do Ballet Stagium.



Programação de encerramento



As atividades deste Fórum serão encerradas amanhã com uma grande " Marcha pela Educação" que sairá, às 15h, do Sambódromo em direção à Praça Heróis da FEB. Na parte da manhã, entre 9h e 13h, serão realizadas atividades auto-gestionadas, seguidas de uma programação cultural. O Ato de encerramento que começa às 14h, também no Sambódromo, terá a participação de representantes do Conselho Internacional, do Comitê Organizador do FME-SP, de movimentos sociais e da Secretaria Municipal de Educação. As contribuições do Fórum de São Paulo à Plataforma Mundial de Educação serão apresentadas à imprensa durante o Ato de encerramento.(De Lina Rosa)
  Web site: www.forummundialeducacao.org  Autor:   Lina Rosa


  Mais notícias da seção GERAL no caderno EDUCAÇÃO
12/02/2005 - GERAL - Pinotti reassume Educação depois de ir a Brasília votar na eleição para a Câmara dos Deputados
O secretário municipal de Educação de São Paulo, José Aristodemo Pinotti reassume o cargo. O Diário Oficial desta terça-feira (13) traz nomeação assinada pelo prefeito José Serra. Pinotti participou da votação para a Presidência da Câmara dos Deputados, uma vez que é deputado federal pelo PFL....
01/04/2004 - GERAL - Forum Mundial de Educação começa hoje em São Paulo
O Fórum Mundial de Educação (FME-SP) começa nesta quinta-feira (1º de abril), às 19h30. O Fórum Mundial que acontece de 1º a 4 de abril e tem como tema geral "Educação Cidadã para uma Cidade Educadora". A solenidade de abertura acontece no Pólo Cultural Grande Otelo, no Parque do Anhembi. ...



Capa |  CIDADE  |  COMUNICAÇÃO  |  CRÍTICA DA CRÍTICA  |  CULTURAL  |  ECONOMIA  |  EDUCAÇÃO  |  ENTREVISTAS  |  ERMELINO MATARAZZO  |  ESPORTES  |  GUAIANASES  |  HISTÓRIA  |  INFORMÁTICA  |  ITAIM PAULISTA  |  ITAQUERA  |  PÁGINA 1  |  POLÍTICA  |  SÃO MIGUEL  |  ÚLTIMAS
Busca em

  
55 Notícias